DestaquesNotícias Corporativas

E-commerce apresenta projeção de R$186 bi na Black Friday

O comércio eletrônico no Brasil está se preparando para uma promessa de 2023. Com um mercado previsto para movimentar R$ 186 bilhões, um aumento de 9,5% em relação a 2022, o setor continua a crescer apesar dos desafios econômicos recentes. Esta informação é embasada em dados do E-Commerce Brasil.

De acordo com o E-Commerce Brasil, a expectativa para a Black Friday de 2023 é de inovações e tendências que remodelarão a experiência de compras. Uma das principais mudanças é a antecipação dos descontos para o mês inteiro de novembro, criando uma expectativa positiva entre os consumidores. Além disso, a tecnologia desempenha um papel crucial na Black Friday deste ano, com um aumento notável de lojistas investindo em sites próprios e no uso de ERPs, melhorando a eficiência operacional e a experiência de compra do cliente.

Lucas Eduardo, Diretor de E-commerce do Grupo Angatu, compartilha sua visão: “O e-commerce em 2023 está se reinventando. A antecipação dos descontos e o foco na tecnologia não são apenas estratégias de vendas, mas também um reflexo da evolução do comportamento do consumidor. Na Angatu Máquinas, estamos alinhados com essas tendências, buscando oferecer uma experiência de compra otimizada e personalizada para nossos clientes.”

Uma pesquisa realizada pelo Reclame Aqui em conjunto com a Linx, revela um cenário econômico em constante mudança no Brasil, com 62% dos consumidores relatando que sua situação financeira piorou ou se manteve igual. No entanto, há um otimismo cauteloso para o segundo semestre de 2023. A pesquisa aponta ainda que o faturamento de e-commerces deve crescer 10% este ano, com ganhos reais de 4%, ajustados pela inflação.

A Black Friday em si deve movimentar um recorde de R$ 4,6 bilhões em vendas, o maior faturamento desde a introdução da data no Brasil, segundo informações do O Globo. A CNC atribui esse crescimento ao arrefecimento da inflação e à queda nas taxas de juros, incentivando o consumidor a investir em produtos de maior valor. Produtos como eletroeletrônicos e itens de utilidades domésticas estão entre os mais procurados.

Segundo o Diretor responsável pela Angatu Máquinas, focar nessas tendências e adaptar as estratégias de e-commerce e marketing, especialmente para a Black Friday, pode ser fundamental para se destacar em um mercado cada vez mais competitivo. “O investimento em tecnologia, a melhoria na experiência do usuário e a antecipação de descontos são estratégias chave para aproveitar ao máximo o potencial de crescimento do setor”, finaliza.

Para obter informações adicionais sobre o Grupo Angatu e suas ofertas, os interessados podem acessar o site Angatu Máquinas.

%d blogueiros gostam disto: