DestaquesPolítica

Deputados do Amazonas compõem nova diretoria do Parlamento Amazônico

Na quarta-feira (8), primeiro dia da 26ª Conferência Nacional da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), representantes da região Norte realizaram a Assembleia Geral do Parlamento Amazônico. O propósito do encontro foi conduzir a eleição da recém-formada diretoria, que consagrou presidente, o deputado Laerte Gomes (PSD), representante de Rondônia, e reelegeu o deputado amazonense Sinésio Campos (PT), como vice-presidente. Pelo Amazonas, também foram eleitos os parlamentares Adjuto Afonso (União Brasil), como Secretário de Relações Internacionais; Thiago Abrahim (União Brasil) para Secretário da Juventude; João Luiz (Republicanos) como Secretário de Minas e Energia e Wilker Barreto (Cidadania), como diretor da Suframa no Parlamento Amazônico.

“A Assembleia Legislativa do Amazonas, mais uma vez, se destaca por sua atuação e envolvimento em todas as iniciativas que debatem a Amazônia. Renovamos, com a nova composição da diretoria do Parlamento Amazônico, o compromisso de sempre estar no centro dos debates acerca daquilo que é importante para a nossa região. Desejo sucesso e êxito aos deputados Sinésio Campos, João Luiz, Thiago Abrahim, Adjuto Afonso e Wilker Barreto, que assumem importantes missões no Parlamento Amazônico”, parabenizou o presidente da Aleam, deputado Roberto Cidade (UB).

Sinésio Campos falou sobre os novos desafios à frente da vice-presidência do Parlamento Amazônico. “Agora, teremos um compromisso muito maior: debater com os nove estados da Amazônia a problemática da questão da energia, que é o ponto fundamental de geração de emprego e renda, novas indústrias e tecnologias”, afirmou.

As expectativas geradas com o novo cargo foram enfatizadas por João Luiz. “Vamos trabalhar juntos para avançar, pois sabemos que nesse mundo globalizado, o quanto a mineração é importante para o empoderamento dos estados que estão dentro da Amazônia”, declarou.

O recém-eleito secretário da Juventude, deputado Thiago Abrahim, falou dos novos desafios à frente da pasta. “Uma responsabilidade muito grande representar o nosso Estado e representar o Parlamento Amazônico na questão da juventude. Iremos discutir propostas e projetos que possam gerar emprego e renda, políticas de combate às drogas e uma vida melhor para nós, da juventude”, revelou.

O Parlamento Amazônico congrega 270 deputados estaduais oriundos dos nove estados que compõem a vasta região da Amazônia Legal. O propósito do fórum é a convergência de esforços entre os estados, com vistas a deliberar sobre as demandas e buscar soluções para os desafios comuns que compartilham.

Os deputados roraimenses Armando Neto (PL), Dr. Cláudio Cirurgião (União Brasil) e Lucas Souza (PL) foram eleitos, respectivamente, para os cargos de tesoureiro, conselheiro fiscal e secretário de Direitos Humanos do Parlamento Amazônico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: