Notícias Corporativas

Desempenho da indústria melhora em agosto

Segundo relatório publicado no Portal da Indústria, no mês de agosto, o índice de evolução da produção alcançou a marca de 51,7 pontos. De acordo com os critérios estabelecidos, a pontuação acima de 50 pontos indica um aumento na produção em comparação com o mês de julho. Analisando o gráfico, verifica-se que este resultado representa o primeiro movimento acima da linha divisória desde o mês de maio do mesmo ano.

Ainda segundo o relatório, apesar desse avanço, nota-se que o indicador ainda se mantém em um nível inferior ao que é considerado usual para este período. O resultado do mês de agosto se encontra 0,9 ponto abaixo da média histórica para os meses de agosto, que é de 52,6 pontos. Isso sugere que, tradicionalmente, o mês de agosto é caracterizado por um aumento na produção. No entanto, o crescimento registrado em agosto de 2023 em comparação com o mês anterior foi mais moderado e menos disseminado em comparação com anos anteriores.

A análise desses dados aponta para uma melhoria no cenário de produção, mas ainda abaixo dos padrões históricos para o mês de agosto, segundo informações do relatório publicado. O documento afirma que especialistas e economistas continuam atentos às tendências futuras para entender melhor os fatores subjacentes a esse comportamento e suas implicações no setor industrial. Segundo a publicação feita no Portal da Indústria, no mês de agosto deste ano, observou-se um crescimento na produção industrial, acompanhado pelo aumento na utilização da capacidade instalada e pela aproximação dos níveis de estoque efetivo em relação ao planejado. Esses indicativos apontam para uma melhoria no desempenho do setor industrial durante o período em questão.

José Antônio Valente, diretor da empresa de aluguel de máquinas para construção Aluga Máquinas Sul afirmou que com os dados apresentados, a expectativa com relação aos investimentos no setor aumenta quando vemos um uma pontuação acima dos 50 pontos na produção industrial. “Todo setor industrial, inclusive o setor de máquinas e equipamentos deve estar atento pois com o aumento da produção é possível avaliar novos investimentos, desde dos pequenos, como na locação de compressor de ar, para atender pedidos específicos em serviços, como também na venda de grandes máquinas e equipamentos para indústria geral, desde que seja observado uma consistência no crescimento nos últimos meses”.

Ainda sobre o documento publicado, no mês de agosto de 2023, o índice de evolução do número de empregados registrou 49,6 pontos. O relatório aborda que embora essa pontuação permaneça ligeiramente abaixo da marca de 50 pontos, que é considerada o limite de referência, o indicador revela que as variações no emprego foram mínimas na transição de julho para agosto do mesmo ano.

Perguntado sobre o assunto, José Antônio, afirmou que mesmo não havendo grande alteração no número de empregados é importante notar que, segundo o que foi informado no relatório, o emprego costuma cair nesse período do ano, porém a queda, dessa vez, foi menor do que habitualmente acontece.

%d blogueiros gostam disto: