Notícias Corporativas

Construtora lança programa de residências para colaboradores

A retenção de talentos é um dos desafios no mundo corporativo. E não apenas salários e cargos são levados em consideração para a permanência nas empresas, especialmente devido a tantas mudanças na estrutura de trabalho.

Gestão estratégica de pessoas e o olhar atento para as demandas da equipe. Esses são legados que o empresário Jean Graciola tem orgulho de escrever na história da FG Empreendimentos, uma das maiores construtoras do país e que vem, cada vez mais, se tornando um grande celeiro de oportunidades, lançando tendências para o país e para o mundo. A empresa realizou na recentemente uma ação para celebrar com os colaboradores a premiação Lugares Incríveis para Trabalhar e apresentou ao time seu novo programa: o FG Moradia.

“Cada vez mais investimos em nosso público interno, visando entender as principais demandas dos nossos colaboradores, para estarmos cada vez mais próximos”, destaca o empresário Jean Graciola.

A empresa realizou um censo entre seus colaboradores para entender as principais demandas e mapear ações em prol das necessidades. “Como resultado identificamos que a maior dificuldade era relacionada à moradia. Foi assim que nasceu o projeto com locação subsidiada pela empresa, como um benefício, com valores abaixo do mercado. Locamos dois edifícios, fizemos melhorias e então mapeamos, de acordo com regramento criado pelo nosso departamento de recursos humanos para começarmos atender as demandas”, explica a diretora administrativa da FG, Dayana Feitosa.

Em Santa Catarina o modelo de vale-moradia ainda é novo, mas no eixo Rio-São Paulo e no exterior é um forte benefício oferecido pelas empresas para atrair e reter talentos. “Além disso, a preocupação com nossos colaboradores está em nosso DNA e impacta diretamente na produtividade. Temos nosso mote a qualidade de vida e o lifestyle de Balneário Camboriú para os consumidores e estamos trazendo o conceito cada vez mais para dentro da empresa”, explica Dayana Feitosa.

Outro racional é referente a qualidade de vida. Os brasileiros estão entre os que mais gastam tempo em transporte para chegar ao trabalho, de acordo com uma pesquisa feita pela Moovit. Oferecer a possibilidade de morar perto da empresa passa a ser um diferencial, ainda mais na era da instantaneidade e de profissionais que, cada vez mais, buscam por emprego que ofereça mais qualidade de vida. “Estamos cada vez mais focados em externar nosso posicionamento de empresa alinhada aos desejos de nossos colaboradores, como uma organização com impacto social positivo. As tendências de benefícios corporativos refletem uma mudança em direção a um foco mais humano e centrado no funcionário”, finaliza a diretora administrativa da FG.

%d blogueiros gostam disto: