BrasilNotícias Corporativas

Final de 2023 aponta recorde de vagas temporárias no Brasil

Os estabelecimentos já deram início à campanha de descontos da Black Friday e o consumidor brasileiro já começou a realizar  compras para o Natal de 2023. 

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a expectativa é que haja um aumento nas vendas de 5,6% em comparação ao ano anterior.

Para a CNC, essa alta resultará na contratação de 108,5 mil trabalhadores temporários, o maior índice de contratações desde 2013, quando foram abertas 115,5 mil vagas de trabalho.  

Para a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem), a previsão é que abram cerca de 470 mil novas vagas temporárias neste período de fim de ano, e ainda prevê que o maior aumento no volume de contratações, considerando os últimos três meses do ano, será o setor industrial, com 55% de novas contratações, seguido do setor de serviços, com 30% e o comércio, com 15%.  

Uma das empresas do ramo industrial que tem aberto vagas temporárias neste período, é a indústria gráfica GIV Online que abriu oportunidades de trabalho para o setor de acabamento, almoxarifado, além de vagas para arte-finalistas. 

Para o coordenador de marketing Victor Nakamura da indústria gráfica GIV Online, a alta projeção de contratações no ramo industrial é resultado da grande oferta e procura de materiais gráficos personalizados para todos os segmentos, principalmente nessa época do ano em que o mercado está bem aquecido.

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, as maiores oportunidades de efetivação das vagas temporárias estão nos ramos de hiper e supermercados que abriu (45,47 mil vagas); vestuário (25,17 mil vagas); utilidades domésticas e eletrodomésticos (15,98 mil vagas); livrarias e papelarias (9,31 mil vagas); e móveis e eletrodomésticos (5,7 mil vagas).

“De todas as vagas temporárias que já abrimos neste último trimestre, 93% delas têm chances de efetivação, visto que a indústria está em constante expansão, com distribuição de impressos personalizados em todo o Brasil”, afirma Victor Nakamura da GIV Online. 

O Estado de São Paulo será responsável pela abertura de 28,41 mil vagas temporárias; Minas Gerais abrirá 12,13 mil vagas; Paraná terá 9,14 mil; e, por último, Rio de Janeiro, abrirá 7,96 mil novas vagas, aponta pesquisa da CNC. 

%d blogueiros gostam disto: