Destaques

Prefeitura de Manaus e Associação dos Municípios do Amazonas iniciam tratativas de criação de comitê para combate às queimadas

Para enfrentar as queimadas e os efeitos da fumaça que encobre a capital do Amazonas, a Prefeitura de Manaus, com a participação direta do prefeito David Almeida e da Semmas, em parceria com a Associação dos Municípios do Amazonas, presidida pelo prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson José de Souza, fundamentados pela necessária construção de instrumentos que conduzam a uma gestão compartilhada ambiental da Região Metropolitana de Manaus, estão em tratativas para a criação do Comitê Intermunicipal Permanente da Região Metropolitana de Manaus para Governança Integrada em Meio Ambiente, Produção Rural, Desenvolvimento Sustentável e Defesa Civil.

A iniciativa busca sustentar a atuação dos municípios envolvidos no processo de gestão, desenvolvimento e fortalecimento das atividades de forma regionalizada.

Dados do Programa Queimadas (BRQueimadas), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), apontam que o Amazonas registrou, de 1º/11 até este sábado, 4/11, 72 focos de queimadas. Ainda de acordo com o programa, Manaus não teve nenhum foco neste período. Os dados foram levantados pela Prefeitura de Manaus, via Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e estão disponível para acesso no site do Inpe: http://terrabrasilis.dpi.inpe.br/queimadas/bdqueimadas/

O último dia que Manaus registrou um foco de queimada foi em 27 de outubro, quando o Aqua (satélite de referência) detectou um foco na zona rural da capital amazonense, nas imediações da BR-174, que liga o Amazonas ao Estado de Roraima (RR). 

Além de combater o desmatamento e queimadas, o comitê vai em busca de verba para reestruturar e fortalecer ainda mais as equipes das secretarias de Meio Ambiente dos municípios. Pretende-se a interferência nas velhas práticas, adotando as tecnologias já definidas pela Embrapa, que contemplam também a agricultura familiar, visando a substituição do uso do fogo no preparo do solo.

“Todos estão alinhados. Já tivemos a reunião deliberativa e agora estamos trabalhando de forma estratégica para atuar contra essa prática em nossa região. Vamos punir aqueles que ainda insistem em cometer esse crime ambiental”, afirmou o secretário da Semmas, Antonio Stroski.

Ações

O titular da Semmas, Antonio Stroski, informou que desde o dia 1º de junho a Prefeitura de Manaus vem realizando, por toda cidade, ações que visam sensibilizar a população por conta dessa problemática. São ações de educação ambiental, blitze ambientais (nas saídas da cidade), além de sensibilização nas escolas (públicas e privadas) e empresas do polo industrial.

Além disso, todos os dias a Semmas tem feito um trabalho de rega, nos principais canteiros da cidade e nos parques administrados pelo órgão. Toda quarta-feira, as equipes de arborização e de educação ambiental estão em uma zona da cidade fazendo a campanha “Manaus Sem Fumaça”, distribuindo informativos, orientando a população e doando mudas de plantas.

Ao menos 25 mil pessoas já foram alcançadas por essas iniciativas, fora as campanhas publicitárias nos veículos de comunicação e nos meios tradicionais como jornais, outdoors, mobiliário urbano, entre outros. A Prefeitura de Manaus ainda tem trabalhado no combate às ocupações irregulares em parceria com as forças de segurança do Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: